Tudo que você precisa saber sobre os planos de saúde empresariais

29/11/2016

Você sabia que existem dois tipos de planos coletivos?

• Empresariais: Prestam assistência à saúde dos funcionários da empresa que possuem vínculo empregatício ou estatutário.
• Planos coletivos por adesão: Contratados por pessoas físicas com vínculo de caráter profissional, classista ou setorial, como conselhos, sindicatos e associações profissionais.

A diferença dos planos empresariais para os individuais é que no primeiro os clientes precisam estar ligados à alguma empresa. Geralmente possuem preços menores e contam com as mesmas coberturas, exames, consultas, internações e cirurgias que os demais. Além de prestarem assistência à saúde dos funcionários e gerarem vantagem mútua tanto para a empresa, quanto para o empregado, devido aos valores e taxas, nele podem ser inclusos dependentes, como cônjuge e filhos, e, em algumas Operadoras, são permitidos dependentes com até o 3º grau de parentesco consanguíneo de parentesco por afinidade.

Devemos estar atentos também à diferença entre o Plano Empresarial e o Coletivo por adesão. Planos por adesão são comercializados por empresas Administradoras de Benefícios, e a negociação com os planos é feita diretamente entre eles e as Operadoras. Nós, Corretores apenas auxiliamos na Implantação do benefício. Já no empresarial, nós Corretores, assumimos a Consultoria, assumindo toda a negociação com a Operadora escolhida e após a assinatura do seu contrato, fazemos a manutenção dele, prestando todo o atendimento necessário. Para entender melhor como funciona a contratação de uma Administradora de Benefício e um Plano de Operadora através de um Corretor, a ANS, Agência Reguladora de Planos de Saúde no Brasil, preparou um quadro comparativo para visualização das principais diferenças entre os dois, veja abaixo:

planos-coletivos-ans-agencia-nacional-de-saude-suplementar-google-chrome

 

Planos empresariais possuem boas negociações, o que, ocasionalmente, pode resultar em descontos para os beneficiários. O que muita gente não sabe é esses planos valem para qualquer pessoa que possui um CNPJ, mesmo em empresas que só possuem 1 funcionário, que é o proprietário da empresa pois que se esse funcionário tiver dependentes pessoais (cônjuge e filhos e em algumas, também, pai, mãe, irmão…) podem fazer parte na contabilização de vidas para a negociação da sua empresa. A regra da quantidade, assim como quais dependentes podem entrar, ascendentes ou descendentes, variam de plano para plano. Alguns consideram até 2 vidas, ou seja, até duas pessoas (a do proprietário e mais 1 dependente familiar) como já suficiente para aplicação no pedido de Plano de Saúde Empresarial.

 

reuniao-mei-seguro-saude

Agora que já entenderam todas as possibilidades de uma empresa contratar um plano de saúde para a sua equipe e para seus dependentes, a melhor dica é: FAÇA COTAÇÕES COM UM CORRETOR ESPECIALIZADO EM BENEFICIOS.
Os planos de saúde passam por ajustes anuais, que variam de acordo com os contratos. Ter um mesmo plano por mais de 5 anos, por exemplo, pode ser bem mais caro que contratar um novo plano, com os mesmos benefícios e, talvez, com uma cobertura maior que a do plano atual. Por isso, a necessidade de fazer novas cotações regularmente. Uma boa Corretora de Seguros tem essa preocupação constante com seus clientes e se mantém sempre atualizada e antenada aos movimentos do mercado e aos valores praticados.

Possuímos consultores especializados em planos de saúde empresarial para ajudar na análise da melhor opção para você e sua empresa. Solicite contato com um consultor e faça um orçamento, clique aqui.

Posted in Blog